Dionaea

Dionaea Muscipula


Dionaea muscipula com caule floral.
Pode-se observar o grande comprimento que atinge o caule floral em relação á planta.

Origem:

A Dionaea muscipula é uma planta originária da américa do norte mais precisamente da Carolina do Norte , apenas pode ser encontrada em Wilmington, numa area de 150 Km em volta desta cidade.
O seu habitat natural é um solo ácido ( Ph entre 3 e 5 ) , o clima é quente e humido com  temperaturas no verão variaveis entre 9 C e 30 C , no inverno a temperatura chega a atingir os 7 C negativos.

Condições de cultivo:

Temperaturas:

Verão :
O clima de verão em Portugal é adequado.
Não exceder 40 
° C
Inverno :
Abaixo de 15
° C

Luminosidade:

Sol directo.

Água:

Utilizar apenas água da chuva , água destilada ou água desmineralizada.

Verão: Solo permanentemente humido, utilizar o metodo do prato com água por baixo do vaso
Inverno: Não tão humido como no verão mas nunca deixar secar completamente,esperar que a água do prato desapareça antes de colocar mais.

Solo:

Nunca usar fertilizantes.
Mistura de
turfa acida , perlite ,vermiculite proporções em volume 4 : 1 : 1
Mistura de turfa acida , perlite proporções em volume 1 : 1
Não é muito critico , há varias misturas que funcionam ( sempre tendo em conta que seja uma mistura ácida Ph < 7 )

Dormencia:

Necessita de um periodo de dormencia (Inverno), ou seja precisa de ter alguns meses de frio para descansar , quando a primavera regressa a planta volta a crescer com toda a energia, o não respeito por este periodo pode levar lentamente á morte da planta.

Alimentação:

O ideal é deixar a planta em paz, se tiver acesso ao exterior ( pode ser numa janela ) ela consegue "caçar" sozinha,mesmo no interior há sempre uma mosca ou um mosquito que tem azar, mas é sempre divertido apanhar algum bicharoco e dar-lhe a comer , mas neste caso é preciso ter atenção ao seguinte pormenor , só alimentar com insectos vivos , o tamanho ideal do insecto deve ser menor que 1/3 do tamanho da armadilha para que não aja o perigo da armadilha apodrecer durante a digestão.

 

Variantes ( cultivars ):

Existem várias variantes de dionea, umas destinguem se pelas cores que apresentam, outras pelas diferenças nas formas das armadilhas.

 

Sementes:

Para obter germinação destas sementes basta coloca-las na superficie do solo humido sem as enterrar e esperar algumas semanas  considera-se a temperatura ideal para germinação entre 20 C e 25 C , com humidade elevada. A rega deve ser feita pelo método do prato com água por baixo do vaso.


flor de dionaea


Sementes de Dionaea Muscipula ampliadas , os quadrados de fundo têm 1 mm de lado.

Fotografias:

Duas dionaeas na primavera , podemos observar as folhas mais pequenas que sobraram do inverno ( dormencia ) e as novas folhas que já se desenvolveram.

Armadilha de dionaea.

Detalhe dos sensores que detectam a presença dos insectos dentro das folhas. Para fechar a armadilha um dos  sensores tem de ser tocado duas vezes dentro de um periodo de 20 segundos, isto faz da dionaea a unica planta que sabe contar :)

detalhe de um dos sensores da armadilha de uma dionaea, neste caso se uma Akay Ryu.

detalhe do bordo interior de uma armadilha de uma Akay Ryu