Tillandsias

Tillandsias - cultivo

 

Como regra geral as Tillandsias adoram ar em movimento, boa luminosidade e humidade, estas condições nem sempre são fáceis de obter em casa, por isso em cultivo no interior as plantas devem ser vigiadas com atenção nas primeiras semanas, porque como são plantas muito versáteis rapidamente se adaptam ás novas condições, mas no caso de isso não acontecer temos de estar atentos para poder melhorar as condições ou escolher outro local mais adequado.

Em termos de luz, as tillandsias gostam de luz forte, mas indirecta, deve-se evitar o sol directo principalmente nos meses de verão.

No interior pode-se utilizar iluminação artificial, nesse caso as plantas não devem ficar muito afastadas da fonte de luz porque as fontes de luz artificial são muito menos potentes que a iluminação vinda do sol, mesmo que indirecta.

A rega deve ser adaptada ao local onde a planta se encontra, no caso de ser no inteiror e principalmente em casos de existir ar condicionado ou aquecimento geralmente a humidade é baixa, devendo a planta ser regada mais frequentemente, em locais mais humidos não é necessário tanta frequencia de rega.
Podem ser utilizados dois metodos de rega, borrifar a planta ou no caso de ser possivel mergulha-la em água, num ou noutro caso, a circulação de ar deve ser suficiente para que a planta esteja seca ao fim de no maximo 4 horas depois da rega.
A água utilizada na rega deve ser preferencialment água da chuva.

A Tillandsias devem ser fertilizadas principalmente na primavera e no verão.
O fertilizante deve ser diluido em água e borrifar a planta com essa mistura.
O fertilizante escolhido deve conter azoto na forma de nitratos e não na forma de ureia, o tipo pode ser 10-15-20 ( N - P - K ), não se deve exagerar na frequencia de fertilização.

Em termos de temperatura, valores entre os 10 C e os 30 C são adequados, sendo benefico uma descida norturna em relação ao valor durante o dia.