D. regia

Drosera regia

 

Condições de cultivo:

O mesmo que para a drosera capensis.

No inverno a planta reduz de tamanho e pode mesmo desaparecer por completo, mas renasce das raizes quando a primavera chega.

As plantas mais jovens têm movimento nas folhas , mas as plantas adultas e com folhas maiores não se movimentam, confiando apenas na poderosa "cola" que produz que consegue prender insectos bastante grandes.

É uma planta geralmente um pouco mais cara que as outras droseras porque é bastante mais dificil de reproduzir, apenas podendo ser multiplicada por semente e ás vezes com menos sucesso por pedaços de raizes.

A produção de flores/sementes retira bastante energia ás plantas, logo deve ser equacionada com cuidado a decisão de deixar a planta produzir flores, sendo apenas recomendado no caso de plantas grandes e saudáveis. Como é óbvio na natureza ninguem vai cortar os caules florais ás plantas, mas em termos de sobrevivencia da especie não é grave que uma planta morra se der várias sementes, mas para o colecionador caseiro que possui apenas uma planta pode ser "grave" ficar sem ela e ter de esperar alguns anos até ter outro exemplar de tamanho semelhante obtido apartir das sementes do especime morto.