Drosophyllum

Drosophyllum lusitanicum

Drosophyllum muito jovem.

Origem:

O Drosophyllum lusitanicum é uma planta rara que apenas existe em Portugal , norte de Marrocos e no sul de Espanha.
Não é considerada uma planta para principiantes.

Condições de cultivo:

Temperaturas:

Verão :
O clima de verão em Portugal é adequado.
Inverno :
Abaixo de 15
° C , não é critico.

Luminosidade:

Sol directo.

Água:

Utilizar apenas água da chuva , água destilada ou água desmineralizada.
Nunca utilizar o metodo do prato de água por baixo do vaso.

O drosophyllum prefere solos secos com boa drenagem.
Regar uma a duas vezes por semana durante o ano todo.
 

Solo:

Nunca usar fertilizantes.
Uma mistura comum é uma mistura em partes iguais de perlite, areia e vermiculite.
Pessoalmente utilizo uma mistura de 1 parte turfa acida para 3 partes de perlite.

Dormencia:

Não tem periodo de dormencia.

Alimentação:

O ideal á deixar a planta em paz, se tiver acesso ao exterior ( pode ser numa janela ) ela consegue "caçar" sozinha,se no entanto apanhar um bicharoco de vez enquando é só colocar nas folhas que ele fica colado nas gotas.

Sementes:

As sementes desta especie necessitam de um tratamento prévio antes de serem colocadas no solo , visto que a sua casca é muito resistente é necessário torna-la mais fraca para permitir que a humidade chegue ao interior da semente e provocar a germinação , existem vários métodos entre os mais usuais temos :

lixar as sementes com uma lixa fina de modo a "estragar" a casca

cortar cuidadosamente a ponta mais bicuda da semente

nenhum dos métodos é completamente garantido nem completamente seguro levando em alguns casos á destruição da semente.
As sementes devem então ser colocadas na superficie do solo ( ver acima em Solo ) humido sem as enterrar , tendo em conta que a planta é muito sensivel a disturbios da raiz , o melhor é evitar transplantar o que significa que se deve colocar a semente em vasos grandes onde a planta irá ficar para sempre.Para evitar ter vários vasos grandes um com cada semente á espera de germinar existe a solução mais eficaz em termos de espaço que consiste em colocar as sementes todas num vaso e ir vigiando diariamente as sementes e aos primeiros sinais de germinação retirar a semente para o seu vaso individual e permanente.Ao fim das primeiras semanas o solo deve ser mantido cada vez menos humido porque esta especie gosta de solos secos. Durante as primeiras semanas usar o método do prato com água por baixo do vaso , depois a rega deve ser efectuada cada vez menos até ficar em uma ou duas vezes por semana.
 

Sementes de Drosophyllum ampliadas , os quadrados de fundo têm 1 mm de lado.

 

Detalhe de folha de drosophyllum, podemos ver as gotas que seguram os insectos tal como este pequeno mosquito.