F.A.Q

Aqui vou tentar responder ás perguntas mais frequentes com que os iniciantes me abordam:

Posso ter as plantas carnivoras em casa ?
Posso ter as plantas carnivoras na rua ?

Este tipo de pergunta é muito frequente, qual o melhor local para as plantas carnivoras, não há uma resposta rápida que sirva para todas as carnivoras e para todos os locais, dependendo da especie em causa deve-se consultar as necessidades especificas e verificar se no local em que as queremos colocar essas necessidades são satisfeitas.
Essa avaliação deve ter em conta a quantidade de luz, a temperatura e humidade do local.
Depois da avaliação do local podemos concluir que podemos ter as plantas nesse local durante todo o ano ou apenas em algumas estações. Por exemplo uma dionaea pode estar em casa na primavera e no verão , mas deve estar exposta ao frio durante o outono e o inverno.

Sou iniciante neste assunto das carnivoras, qual a melhor planta para começar ?

É óbvio que quem quer começar é porque viu imagens impressionantes das espécies mais coloridas e exóticas que existem, mas na generalidade dos casos quanto mais exótica é a planta, mais precisa de condições especiais, o que pode ser dificil para um principiante e pode levar á desilusão e desistencia de continuar, por isso a minha recomendação vai para a drosera capensis, que se pode dizer é uma planta quase á prova de bomba.

Como ordem de complexidade no cultivo poderia poderia fazer-se a seguinte lista:

- Plantas sem periodo de dormencia e que necessitam de condições climatéricas compativeis com a zona geográfica local

- Plantas com periodo de dormencia e que necessitam de condições climatéricas compativeis com a zona geográfica local

- Plantas com exigencias climatéricas diferentes da zona geográfica local, que necessitam de terrários e instrumentos mais complexos para manter as manter nas condições ideais

Que tipo de água usar para regar as carnivoras ?

A água deve ser pura, sem compostos dissolvidos , deve ser utilizada água da chuva , água destilada ou água tratada por um sistema de osmose inversa.

A água da torneira depois de fervida pode ser utilizada para regar as plantas carnivoras ?

Ferver a água não tem qualquer influencia na quantidade de impurezas dissolvidas na água, portanto a água fervida  não é o mesmo que a água destilada, a fervura não a torna adequada a ser utilizada na rega das plantas carnivoras.

Como regar as minhas plantas nas férias ?

Uma forma de regar as plantas aquando de uma ausencia mais prolongada é a uma forma que podemos denominar "bebedouro de pássaro" , consiste em colocar os vasos dentro de algum recipiente e colocar água depois enchem-se garrafas, garrafões ou outro recipiente qualquer que depois é invertido com o gargalo dentro de água, á medida que a água vai desaparecendo vai sendo reposta pela que está dentro da garrafa, a altura em que a garrafa começa a "funcionar" é indicada no esquema pela linha tracejada e essa altura é defenida pelo corte que se faz no gargalo com a forma de um pequeno triangulo como se pode ver na figura.

Posso usar terra para plantas de interior para as minhas carnivoras ?

Não, as plantas carnivoras estão adaptadas para viver em solos muito pobres, os nutrientes necessários para as plantas "normais" são prejudiciais ás plantas carnivoras , a terra que se vende para plantas de interior já vem muitas vezes adubada o que é extremamente prejudicial.
Para além disso as carnivoras necessitam de um valor de pH baixo no solo que não é o caso das plantas de interior.
Deve-se usar sempre solos especificos para as carnivoras.

Está a nascer um caule floral na minha dionaea, devo cortá-lo ?

Existe um mito que se deve cortar o caule floral das dionaeas porque se não elas ficam fracas e morrem , não é verdade , embora o caule floral utilize muita energia da planta se esta estiver saudavel não há qualquer problema em deixar florir, se não quisermos sementes podemos cortar porque isso vai fazer com que a energia que seria usada para as flores seja utilizada pela planta para crescer, resumindo a opção é ter sementes ou ter uma planta maior.
Para os que têm duvidas basta pensar nisto , na natureza ninguem vai cortar os caules florais ás dionaeas :)

Como é que planto as gemmae ? preciso de enterrá-las ?

As gemmae não se enterram , devem ser colocadas á superficie do solo.
As gemmae são geralmente enviadas em papel absorvente humido e devem ser empurradas para o solo com cuidado de forma a não as esmagar , devem ser empurradas com um palito por exemplo e nunca devem ser agarradas com uma pinça porque iriam ficar danificadas, as gemmae não são sementes , são folhas modificadas ou seja são verdes e frageis.

As sementes de dionaea precisam de estratificação fria ?

Não, as sementes de dionaea devem ser colocadas á superficie da terra na primavera, ou seja na altura em que saem das flores devem ser logo plantadas.

As sementes de sarracenia precisam de estratificação fria ?

Sim, as sementes de sarracenia precisam de estratificação fria , devem ser colocadas na supreficie do solo no outono e mantidas á temperatura normal exterior, sendo regadas normalmente com um prato por baixo do vaso, na primavera as sementes germinam.
No caso de se querer fazer a estratificão fria de forma artificial as sementes devem ser colocadas no solo previamente regado, coloca-se o vaso num saco plastico e fecha-se , desta forma não precisam de ser regadas porque a humidade não consegue sair , depois coloca-se o saco com o vaso dentro do frigorifico durante 8 semanas, depois retira-se do frigorifico e coloca-se num local com uma temperatura á volta dos 20 ºC ou um pouco mais.

O que desencadea a dormencia ?

A dormencia é desencadeada pela combinação de dois factores :

- pela redução do fotoperiodo ( menos horas de sol durante o outono e inverno )
- pela diminuição das temperaturas médias ( temperaturas abaixo de 15 º C )

Quais os sinais de dormencia ?

A dormencia é bastante simples de identificar, a planta começa a perder mais folhas do que as que nascem e as novas folhas param totalmente de crescer ou crescem a uma velocidade muito baixa.

Quantas vezes devo alimentar a minha planta ?

As plantas não precisam de ser alimentadas , se estiverem em algum local onde tenham acesso ao exterior elas conseguem "safar-se" sozinhas, no caso de estarem no interior, na generalidade dos casos também á sempre um ou outro bicharoco que lá vai parar.
Mas mesmo nos casos em que as plantas não apanham nenhum animal pelos seus próprios meios elas não morrem e continuam a desenvolver-se normalmente porque tal como as outras plantas elas fazem fotossintese e não estão exclusivamente dependentes dos insectos que apanham.
Mas as plantas que apanham animais desenvolvem-se mais rapidamente, portanto havendo paciencia e oportunidade as plantas podem ser alimentadas, nesse caso á que ter em conta alguns detalhes, na generalidade das plantas basta colocar o insecto na armadilha e já está, mas no caso das dionaeas já não é assim tão linear, as dionaeas detectam o animal pelo seu movimento e mesmo depois de fecharem vai ser esse movimento que vai fazer com que a digestão se inicie , é a forma de a planta saber se apanhou um bicho ou foi outra coisa , por exemplo uma folha que caiu de outra planta próxima, por isso no caso das dioneas o animal tem de estar vivo e a mexer.
Em relação ao tamanho , deve-se escolher um animal que tenha uma tamanho adequado á armadilha , na generalidade das carnivoras um animal desde que caiba na armadilha é porque o tamanho está certo, no caso das dionaeas convém que o animal tenha mais ou menos um terço do tamanho da armadilha , isto para que a armadilha possa fechar hermeticamente durante a digestão e não apodreça.

A minha dionaea apanhou um bicho e agora a armadilha está a apodrecer, é grave ?

Não há problema nenhum, as plantas estão sempre a produzir novas armadilhas, ás vezes o animal capturado é demasiado grande e a armadilha não fecha hermeticamente , o que leva a que apodreça , mas mesmo que o insecto tenha o tamanho adequado uma armadilha só dá para 2 ou 3 refeições ao fim das quais apodrece normalmente e é substituida por outra nova folha.